Abacaxi

Devido à sua coroa, é considerado o rei das frutas.
O abacaxi é a fruta tropical mais famosa e tradicional, nativa das regiões costeiras da América do Sul. A planta cujo nome científico é Ananas comosus, pertence à família das bromélias e o fruto é, na verdade, uma frutescência, cada gominho e um fruto independente que se juntou com os demais durante o processo de crescimento. O abacaxi é famoso em todo o mundo pelo seu perfume delicioso, pelo seu sabor acre doce e por seu grande valor nutritivo.

Na cozinha o abacaxi tem vários usos e faz parte dos mais variados pratos. Fica muito bom em pratos salgados, como carne de porco, peixes, crustáceos e aves de carne gordurosa. Em saladas e bebidas é muito usado junto a outras frutas.

Não é uma fruta energética, com o nível de caloria equivalente às maçãs ou pêras, mas contém altas porcentagens de vitaminas A, B e C, carboidratos, sais minerais e fibras. Apresenta uma propriedade ímpar, somente presente na papaia, que são enzimas (proteínas) que facilitam a digestão de carnes ingeridas ao curso da mesma refeição.

Os ácidos orgânicos do abacaxi facilitam a boa assimilação dos alimentos, devido a presença da bromelina, enzima atuante na digestão de proteínas, acelerando a digestão da carne bovina ou pescado.

A palavra abacaxi vem do tupi iba-cati (fruto que cheira muito), e na linguagem indígena era chamado de ananás (fruta excelente) a = fruta, nanas = excelente, ou seja, fruta saborosa.

Quando Cristóvão Colombo chegou à ilha de Guadalupe, no Novo Mundo, o abacaxi foi oferecido aos invasores europeus num gesto de hospitalidade e boas-vindas. Pela semelhança, um tanto forçada e bastante apressada, com o fruto do pinheiro europeu, a fruta foi então chamada de pina, como é até hoje conhecida nos países de língua espanhola.

Curiosidades

• Os índios da América costumavam pendurar folhas de abacaxi, ou mesmo o fruto, na porta das cabanas para indicar que as visitas eram bem-vindas.

• A expressão "abacaxi", usada para designar um problema ou uma encrenca, vem da dificuldade que se têm de se descascar bem o fruto.

Uso medicinal

Amidalite: Gargarejos com o suco. Fazer refeições exclusivas de abacaxi.
Anemia: A acidez do abacaxi favorece, na digestão, a absorção de ferro.O anêmico pode, no intervalo das refeições, usar um pouco de suco de abacaxi diluído em água e adoçado com melado de cana.
Bexiga: Passar alguns dias com suco de abacaxi diluído em água sem açúcar, ou substituir refeições por este suco.
Constipação intestinal: Fazer várias refeições exclusivas de abacaxi.Mastigar cuidadosamente e não pôr açúcar. Pode-se usá-lo em jejum, exclusiva-mente.
Difteria: Fazer gargarejos com o suco de abacaxi. Usar esta fruta ao natural, sem misturar com qualquer outro alimento. Seguir cuidadosamente as prescrições médicas.
Digestão: Pessoas com deficiência de ácido clorídrico (hipocloridia) poderão auferir benefícios do uso adequado do suco de abacaxi.
Diurese: O suco de abacaxi é excelente diurético.


Fonte

http://www.brazilianfruit.org/Informacoes_para_o_Consumidor/Consumidor_Abacaxi.asp?Produto=1
http://www.agrobyte.com.br/frutas_med.htm
http://www.hortifruti.com.br/
http://www.brchef.com.br/html/materias/abacaxi.php
Alfons Balbach e Daniel S. F. Boarim , As Frutas na Medicina Natural
Acervo do Prof. Paulo Bodmer


<< anterior

[Cesta de Frutas]
próxima >>