Painel 5

1. Leg. O terremoto de 1755.
2. Leg. Attentado Contra D. José 1º
3. Leg. Narrando a Grande Catastrophe à D. José 1º
4. Leg. Expulsão dos Jesuítas.
5. Leg. O Plano de Reedificação de Lisbôa.
6. Leg. O Monumento a D.José 1º
7. Leg. Os Jesuítas Fanatisando o Povo.
8. Leg. Partida para o Desterro.
9. Leg. Uma Audiencia Régia.
10. Leg. O Julgamento do Marquez de Pombal.

PUZZLE DO MARQUÊS DE POMBAL

        Através do postal ilustrado, os serviços de correio possibilitaram que a correspondência não fosse apenas uma mera troca de mensagens escritas. Abriram campo à divulgação histórica, cultural e científica. Estão neste caso os puzzles. Uma determinada figura histórica, como Franz Joseph I ou o Marquês de Pombal, ganhava um sentido diferente à medida que o puzzle se ia compondo, postal a postal. O todo era a surpresa do colecionador.         Pressupunha alguém que se tornava amigo dos postais – o cartófilo. O retrato a corpo inteiro do Marquês de Pombal (1699-1782) reproduz aspectos particulares da história do país e, nela, do próprio 1º Ministro de D. José, desde o terremoto de 1º de novembro de 1755, té o julgamento do antigo Conde de Oeiras (1780). Na polêmica a favor e contra esta eminente figura política da história portuguesa, a casa editora coloca-se do lado dos seus defensores. Os factos apresentados e os omissos (prisão e tortura dos duques de Aveiro, repressão do motim dos vinhateiros do Porto em 1756) indiciam este posicionamento.
        O momento da edição é crucial para perceber a intenção dos editores. Os jesuítas voltavam a ter preponderância religiosa numa monarquia em crise, regressando de novo ao exílio com a implantação da República (1910).

THE MARQUIS DE POMBAL PUZZLE

        The postal service, through illustrated postcards, made it possible for correspondence to become a matter beyong a mere exchange of written messages. It paved the way to historical, cultural and scientific divulgations.
        The puzzles are one of the examples of this fact. A certain historical personality such as Franz Joseph I, or the Marquis de pombal gained different meanings as the puzzle was put together postcard by postcard. The finished product was the collector’s surprise. It was pressuposed that that someone would become an adept of postcards – the deltiologist.
        The portrait of a standing Marquis de Pombal (1699-1782) reproduces detailed aspects of the history of the country and even D.José’s Prime Minister is mentioned. It covers the time from the November 1st. Earth quake up to the once Count of Oeiras (1780) trial. In the dispute both for and against this outstanding political figure in Portuguese history, the publishing house takes the stand for his defence. The facts, both represented and omitted (the prison andtorture of the Dukes of Aveiro, the repression during the winegrowers uprising in o Porto in 1756) demonstrate this posture. The timing of the publishing is crucial in order to aknowledge the intentions of the publishers. (The Jesuits were regaining their religious preponderance in a monarchy in a state of crisis, however, having to return into exile after the proclamation of the Republic).

<< anterior

 [Painéis]
próximo >>